Site Autárquico de Alvito

Município de Alvito lidera consórcio que apresentou candidatura “Tradição Islâmica no Alentejo”

Reunião

01 de fevereiro 2024

O Município de Alvito apresentou a candidatura “Tradição Islâmica no Alentejo” ao Alentejo 2030, no âmbito do Aviso de Concurso aberto para as Estratégias de Eficiência Coletiva (EEC), no âmbito do PROVERE.

 

Neste contexto, o Município de Alvito lidera o consórcio composto pelo Município de Beja; Município de Mértola; Município de Moura; Universidade de Évora; ADRAL - Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo; Campo Arqueológico de Mértola; EBM – Associação Estação Biológica de Mértola; ARPTA – Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo; Novalvito – Escola Profissional de Alvito; SPIRA; Associação Heranças do Alentejo; Confraria dos Gastrónomos do Alentejo; DarkSky Alqueva;

Este consórcio estrutura-se em torno de dois eixos fundamentais: o primeiro, é a herança cultural e histórica que a Civilização Islâmica deixou neste território entre os séculos VIII e XIII e da qual existem vestígios materiais e imateriais, tradições, técnicas e saberes que moldaram as gentes que residem e trabalham no Alentejo; o segundo, é a digitalização como meio de valorização, disseminação e desenvolvimento económico de um conjunto de áreas de atividade emergentes e tradicionais no Baixo Alentejo.

A EEC PROVERE “Tradição Islâmica no Alentejo” deve ser, assim, considerada como um instrumento programático de caráter estratégico e de âmbito supramunicipal, que deve estar articulado com a Estratégia de Especialização Inteligente e restantes instrumentos de gestão territorial e com as estratégias aprovadas ou previstas, tais como, os planos territoriais ou de desenvolvimento, sustentabilidade e atratividade dos municípios e das regiões.

Importa, assim, estruturar um quadro coerente de ações e medidas que sustentem a realização desta estratégia, a médio e longo prazo, onde os diversos agentes económicos e sociais, quer de natureza pública, quer privada, se reconheçam enquanto participantes ativos.

Numa fase de grande transformação do trabalho e de evolução tecnológica, assim como de novos estilos de vida, verifica-se um significativo aumento das migrações (temporárias ou mais prolongadas). Sendo a Região Alentejo uma das regiões em que se prevê um saldo muito positivo em termos de crescimento da população residente durante a presente década, as estratégias de atração, nomeadamente através da oferta de condições de vida de qualidade, serão decisivas para o processo de afirmação dos territórios nos próximos anos.

A EEC PROVERE “Tradição Islâmica no Alentejo” tem como ambição contribuir de forma decisiva para incrementar a atratividade do território do Baixo Alentejo em termos de qualidade de vida e de coesão social e de referência como opção de residência para casais jovens altamente qualificados na região.

Nesse sentido, a valorização deste património e a criação de novos laços de desenvolvimento económico e tecnológico com os países islâmicos e com os seus descendentes espalhados, principalmente pela União Europeia, mas também pelos Estados Unidos será o objetivo deste projeto que se centra em:

  1. Produção de conhecimento científico e valorização do património cultural e arqueológico em presença no território;
  2. Estruturação e promoção de oferta de turismo cultural, histórico e científico;
  3. Desenvolvimento de indústrias do conhecimento, da cultura e da criatividade relacionadas com o mundo Islâmico, e com a história e tradição islâmica do Alentejo;
  4. Promoção da agricultura sustentável, biológica e circular, focalizada na valorização de recursos endógenos e em soluções para a adaptação às alterações climáticas e combate à desertificação no contexto edafoclimático de semiárido mediterrânico;
  5. Criação de parcerias para o investimento com a comunidade Islâmica, nomeadamente de Marrocos aos países do Golfo e com a Turquia.

CONTACTOS